Massa vence pela terceira vez na Turquia

Pela terceira vez consecutiva, o brasileiro Felipe Massa venceu, neste domingo, o GP da Turquia de Fórmula 1, no circuito de Istambul. Conseqüentemente, o brasileiro assumiu a vice-liderança do Mundial de Pilotos e diminuiu para sete pontos a diferença em relação ao seu companheiro de Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, atual líder da temporada, que terminou em terceiro.

Com o resultado, Massa chegou aos 28 pontos, mesma pontuação de Hamilton, o segundo colocado na Turquia. Porém, o brasileiro leva vantagem em relação ao inglês no primeiro critério de desempate, o número de vitórias: 2 a 1. Raikkonen tem 35 pontos.

A dupla da BMW, atual terceira força da categoria, ficou com o quarto e quinto lugar, respectivamente com o polonês Robert Kubica e com o alemão Nick Heidfeld. Fernando Alonso, da Renault, foi o sexto.

Em sua 257ª prova na Fórmula 1, novo recorde na categoria, o brasileiro Rubens Barrichello ficou com a 14ª colocação, três atrás de seu companheiro de Honda, o inglês Jenson Button. Nelsinho Piquet terminou na 15ª posição.

Logo na largada, dupla felicidade para Massa. Além de um começo perfeito, mantendo a primeira colocação, o brasileiro viu o líder da temporada Raikkonen cair da quarta para a sexta posição. Hamilton assumiu o segundo lugar, seguido por Kubica, Kovalainen e Alonso.

Ainda na primeira volta, Fisichella e Nakajima se envolveram em acidente e o safety-car entrou na pista. Kovalainen, que chegou a encostar seu carro na largada, entrou nos boxes e perdeu posições.

Com a distância para o companheiro, Massa teve em Hamilton sua principal ameaça nas primeiras voltas. Mais leve, o inglês se aproximou do brasileiro, mas entrou nos boxes na 16ª volta sem realizar a ultrapassagem. Massa reabasteceu o carro três voltas mais tarde.

Porém, no retorno, o piloto da McLaren não demorou a passar Massa. Na 24ª volta, ele colocou o carro de lado, o brasileiro ainda tentou se defender, mas a ultrapassagem era inevitável. Para piorar, Hamilton abria vantagem de cerca de um segundo a cada volta.

Só que, para alívio da Ferrari, Hamilton voltou aos boxes na 32ª volta e a estratégia da McLaren tornou-se pública, explicando o motivo da rapidez em pista. Seriam três paradas contra duas das demais, o que teoricamente favoreceria o brasileiro, de novo na liderança da prova.

Quando faltavam 18 voltas para o término da corrida, Massa fez a sua segunda parada e manteve-se a 12 segundos de desvantagem para Hamilton. Quando o inglês fez o último reabastecimento, voltou entre o brasileiro, em primeiro, e Raikkonen, em terceiro.

As diferenças mantiveram-se constantes e Massa pôde comemorar pelo terceiro ano consecutivo uma vitória na Turquia. Só quatro provas já foram disputadas no local.

Confira a classificação completa do GP da Turquia:

1 – Felipe Massa (BRA) – Ferrari – 1h26min49
2 – Lewis Hamilton (ING) – McLaren
3 – Kimi Raikkonen (FIN) – Ferrari
4 – Robert Kubica (POL) – BMW
5 – Nick Heidfeld (ALE) – BMW
6 – Fernando Alonso (ESP) – Renault
7 – Mark Webber (AUS) – Red Bull
8 – Nico Rosberg (ALE) – Williams
9 – David Coulthard (ESC) – Red Bull
10 – Jarno Trulli (ITA) – Toyota
11 – Jason Button (NG) – Honda
12 – Heikki Kovalainen (FIN) – McLaren
13 – Timo Glock (ALE) – Toyota
14 – Rubens Barrichello (BRA) – Honda
15 – Nelson Piquet (BRA) – Renault
16 – Adrian Sutil (ALE) – Force India
17 – Sebastian Vettel (ALE) – Toro Rosso
18 – Sebastien Bourdais (FRA) – Toro Rosso
19 – Giancarlo Fisichella (ITA) – Force India
20 – Kazuki Nakajima (JAP) – Williams

Fonte: Terra

By Vitrola

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: