Guga se despede da carreira na quadra que o consagrou

O tenista Gustavo Kuerten perdeu para o francês Paul-Henri Mathieu, número 19 do mundo, por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6/4 e 6/2, em 1h30min, na estréia em Roland Garros, onde o brasileiro tem três conquistas, e se despediu das quadras no palco que se consagrou.

Guga entrou em quadra com um uniforme semelhante ao da sua primeira conquista em Paris, em 1997. O brasileiro recebeu o apoio da torcida local, que lotou a quadra Phillippe Chartrier, incentivando-o, que a todo instante mostrava desconforto no quadril, sendo até atendido no nono game do segundo set. Mas o brasileiro se esforçou ao máximo e conseguiu em alguns momentos reeditar o tênis que o consagrou.

No primeiro set Guga encontrou muitas dificuldades para confimar seu serviço. O francês conseguir quebrar o saque do brasileiro no quarto game, abrindo vantagem e fechando a parcial em 6/3.

Guga voltou melhor no segundo set e chegou a ficar à frente do placar, com 3/2. Mas teve o saque quebrado e Mathieu voltou a ter o domínio no placar, fazendo 4/3. Guga se recuperou devolvendo a quebra e empatando a partida. Entretanto, Guga não confirmou seu serviço e a vantagem voltou para o francês, que fechou o set no game seguinte.

Logo no terceiro game do segundo set Paul-Henri Mathieu conseguiu quebrar o saque de Guga, abrindo vantagem de 3/1. Guga diminuiu a vantagem mas voltou a ter seu serviço quebrado, vendo a diferença aumentar para 5/2. O brasileiro foi aplaudido de pé no sétimo game quando protagonizou um lindo lance na partida. Mas, na seqüência, Paul-Henri Mathieu confirmou seu serviço e venceu a partida.

Emocionado e sendo aplaudido de pé, Guga sentou no banco e não suportou a emoção: com o rosto envolvido em uma toalha, o brasileiro chorou, sendo ainda mais reverenciado pelo público presente. E não foi o fim da festa para Guga, que foi homenageado no centro da quadra, recebendo como troféu um pedaço da quadra de Roland Garros. Chorando ainda mais, o brasileiro agradeceu o apoio e falou da importância do torneio.

– Para mim, foi incrível o que fiz aqui. Obrigado a todos. Estou muito feliz em ver a minha família aqui comigo hoje. É importante jogar para todos, em especial para eles – disse Guga, aplaudido de pé pelos torcedores.

Fonte: Lancepress

By Vitrola

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: