Brasil joga muito mal e perde pro Paraguai!

O Brasil dedicou boa parte de sua semana para se preparar contra as jogadas de bola aérea do Paraguai, uma das chaves do sucesso da equipe nas eliminatórias. Mas, ironicamente, foi pelo chão que os líderes do torneio qualificatório da América do Sul para a Copa de 2010 conseguiram a vitória por 2 a 0 neste domingo, em confronto válido pela quinta rodada, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

Aos 22 minutos, o primeiro lance de perigo no jogo. Depois da cobrança de escanteio, Haedo Valdez tenta o primeiro cabeceio, a bola sobra e Santana acaba cometendo falta. O Brasil se safa.

No minuto seguinte, mais Paraguay no ataque. Na trave!!! Cabanãs recebe na entrada da área e chuta cruzado. A bola caprichosamente pega no pé da trave de Júlio César. Quase o primeiro gol!

Até que aos 25, Gol DO PARAGUAI!!! Escanteio cobrado pela esquerda. A bola passa por todos da defesa brasileira e Santa Cruz só empurra para as redes.

No segundo tempo, mesmo com um jogador expulso, o Paraguai continuou superior. Logo aos 3 minutos, contra-ataque rápido. Santa Cruz avança, entra pela área e chuta para o gol. Júlio César defende, mas a bola sobra para Cabañas toca para o gol. 2×0!

Aos 11, A defesa brasileira bate cabeça, Cabañas aproveita, ganha de Júlio César e chuta no travessão. Na sobra, Santa Cruz toca para o gol e Gilberto salva em cima da linha.

Aos 13, Barreto cobra a falta direta para o gol e a bola passa à direita de Júlio César, com grande perigo. Aos 29, a única boa chance brasileira. Anderson solta o tiro de longe e o goleiro Villar faz bela defesa no canto direito.

Sem somar no jogo em Assunção, o Brasil permanece estagnado com oito pontos, agora cinco a menos em relação aos paraguaios, líderes das eliminatórias (13 pontos em 15 disputados). Argentina e Colômbia também estão à frente da seleção.

PARAGUAI
Justo Villar; Darío Verón, Julio César Cáceres, Paulo da Silva, Denis Caniza; Edgar Barreto, Enrique Vera, Jhonatan Santana; Nelson Haedo Valdez (Victor Cáceres), Roque Santa Cruz (Cardozo) e Salvador Cabanas (Torrez) Técnico: Gerardo Martino

BRASIL
Júlio César; Maicon, Juan, Lúcio, Gilberto; Gilberto Silva, Mineiro (Adriano), Josué (Anderson), Diego (Júlio Baptista); Robinho e Luís Fabiano Técnico: Dunga

Data: 15/06/2008 (domingo)
Local: estádio Defensores del Chaco, em Assunção (PAR)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Cartões amarelos: Verón, Cáceres (PAR); Juan (BRA)
Cartão vermelho: Verón (PAR)
Gols: Roque Santa Cruz, aos 25min do primeiro tempo; Cabañas, aos 3min do segundo tempo

By Fernando Arbex

Fonte:uol

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: