Mistão do Palmeiras goleia o Vasco e técnico pede demissão!

Bruno Miani/VIPCOMM

Quando a fase é boa, até o time misto resolve. Na noite desta quarta-feira, o Palmeiras entrou em campo com uma equipe mesclada de reservas e titulares e alcançou sem grandes problemas a classificação para a fase internacional da Copa Sul-americana ao bater o Vasco por 3 a 0, no Parque Antártica, com dois gols do novato atacante Thiago Cunha.

O Verdão apostou em mudanças no meio-campo e no ataque, já que também disputa a liderança do Campeonato Brasileiro com o Grêmio. Ainda por cima, tinha que reverter a desvantagem de 3 a 1 do jogo de ida em São Januário.

Na próxima fase da Copa Sul-americana, o Palmeiras terá pela frente um adversário desconhecido: enfrenta o Sport Ancash, do Peru, que passou pelo Ñublense, do Chile. O primeiro confronto já acontece na próxima quarta-feira, em solo peruano.

Com quatro jogos sem vencer, a derrota por 3 a 0 e a conseqüente desclassificação na Copa Sul-americana nesta quarta-feira foram o suficiente para detonar uma crise no Vasco da Gama. Depois de declarações exaltadas do atacante Leandro Amaral, foi a vez do técnico Tita anunciar sua demissão do cargo.

“Sem reclamar uma vírgula dos atletas”, o ex-jogador e agora ex-comandante anunciou sua saída depois de conversar e se despedir dos jogadores cruzmaltinos e do presidente Roberto Dinamite ainda nos vestiários do Estádio Palestra Itália.

“Cheguei ao Vasco no maior desejo de acertar as coisas e acho que até tive respostas dos atletas no primeiro, porque vencemos o Palmeias, o Inter e a Portuguesa. Sinceramente, depois de quatro derrotas procurei o Roberto e falei que dou um passe atrás. É difícil um treinador jovem como eu tomar essa decisão, mas acho que o Vasco precisa procurar outra pessoa para levantar o ânimo e reagir”, explicou-se Tita.

São Paulo (SP) – FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 x 0 VASCOLocal:

PALMEIRAS: Marcos, Elder Granja, Maurício, Gustavo e Leandro; Jumar, Léo Lima, Maicosuel (Evandro) e Denílson (Martinez); Thiago Cunha e Alex Mineiro (Kléber).
Técnico: Wanderley Luxemburgo

VASCO: Roberto, Marquinhos, Eduardo Luiz, Jorge Luiz e Vílson; Jonílson, Mateus (Rodrigo Antônio), Madson e Alex Teixeira (Edmundo); Leandro Amaral e Alan Kardec.
Técnico: Tita.

fonte:gazetaesportiva.net

By Fernando Arbex

Estádio do Parque Antártica, em São Paulo (SP)
Data: 16 de setembro de 2008, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Renda: R$ 66.750
Público: 2.747 pagantes
Árbitro: Carlos Eugênio Símon (Fifa-BRA)
Assistentes: Alexandre Rocha (Fifa-BRA) e Milton Otaviano dos Santos (Fifa-BRA)
Cartões amarelos: Alex Mineiro e Martinez (Palmeiras); Eduardo Luiz (Vasco)
Gols:
PALMEIRAS: Thiago Cunha, aos 33 minutos do primeiro tempo; Denílson, aos 11, Thiago Cunha, aos 39 minutos do segundo tempo.

Uma resposta to “Mistão do Palmeiras goleia o Vasco e técnico pede demissão!”

  1. Wagner Ferreira de Souza Says:

    Será que o vasco vai fazer igual o corinthians, reforçar o time quando estiver na segundona?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: