Presidente do Atlético-MG renuncia o cargo!

A conturbada política interna do Atlético-MG teve, na manhã desta quinta-feira, mais um capítulo decisivo. O presidente Ziza Valadares pediu renúncia ao cargo, após um ano e nove meses à frente do clube. A decisão é resultado de um longo período de pressões, que incluíram ameaças à integridade física do dirigente e de sua família.

Ao entregar a carta de renúncia, o agora ex-mandatário culpou os seus opositores pela sua saída e negou que a decisão foi tomada por causa da semana conturbada nos bastidores do clube, que começou com o anúncio de uma dívida de R$ 21 milhões com a empresa WRV e ainda teve a abertura de uma investigação do Ministério Público sobre as parcerias com o CRB-AL e o Democrata-GV, firmadas no ano passado e que teriam sido lesivas ao clube.

”Estou absolutamente despreocupado, encaminhei tudo para o Ministério Público. Eu me preocupo com um movimento absolutamente orquestrado, e nós sabemos por quem, por pessoas do Conselho que têm a ousadia de mandar uma carta para a minha casa me ameaçando, é uma pessoa do nosso Conselho Deliberativo. Me preocupo com as torcidas organizadas que entram aqui no Atlético para quebrar o patrimônio do Atlético, para me ameaçar”, acusou.

”Nunca tive medo, continuo sem medo nenhum, mas resolvi fazer aquilo que aqueles que acham que têm condições de administrar o Atlético venham administrar. Eu estou entregando agora uma carta de renúncia ao presidente do Conselho (João Baptista Ardizoni), porque, apesar de tudo que fiz pelo Atlético, de todo o meu empenho, dois anos e sete meses de dedicação ao Atlético, os doidos varridos vêm aqui agora e podem administrar”, completou o ex-presidente.

Ziza chegou ao Atlético-MG em 2006 para assumir o cargo de diretor de futebol e aproveitou a boa campanha da equipe no título da Série B para se candidatar à presidência no final do ano. Eleito para o triênio 2007/2009, o dirigente viu o Galo encerrar o jejum de sete anos de títulos estaduais logo no início de seu mandato. No entanto, os maus resultados do time na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro de 2007 já provocaram as primeiras críticas à sua administração.

A situação ficou incontrolável neste 2008, ano de centenário do clube. O Galo perdeu a decisão do Mineiro para o arqui-rival Cruzeiro com derrota nos dois jogos, inclusive uma acachapante goleada por 5 a 0 na primeira partida, e caiu logo nas quartas-de-final da Copa do Brasil. No Campeonato Brasileiro, não conseguiu a recuperação e está desde o início do torneio brigando para não ficar na tão temida zona do rebaixamento.

fonte:gazetaesportiva.net

By Fernando Arbex

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: