Palmeira perde mais uma vez

edmilso1

Foto: Site terra

Atuando em casa na noite dessa terça-feira, em pleno Palestra Itália, para mais de 23 mil pagantes, o Palmeiras deu vexame. Fez uma catastrófica partida e foi completamente sucumbido pelo time do Colo Colo. O ponto fraco palmeirense ficou mais evidente nesse jogo. O trio de zaga formado por, Maurício, Edmilson e Danilo, não conseguiu se acertar e novamente deixou passar três gols, um para cada um.

No final do primeiro tempo aos 43 minutos, Lucas Barrios (jogador que o Corinthians tentou contratar), inaugurou o marcador e calou o Parque Antártica. Quem pensou que, o primeiro tempo havia sido péssimo, não imaginava o que estava por vir no segundo.

Mesmo jogando com um jogador a menos durante todo o segundo tempo (Meléndez foi expulso), o Colo Colo se deu melhor e logo no início aos 8, em um contra golpe rápido puxado por Lucas Barrios, o meia Barros tratou de ampliar após o cruzamento. 2 a 0. Torcedores catatônicos não acreditavam no que viam.

Keirrison, aos 25, diminuiu, deu esperança a torcida e fez a pressão aumentar. Parecia que a história do jogo contra o Bragantino se repetiria, quando o K9 palmeirense quase empatou chutando uma bola no travessão. Porem, o ditado pode ser velho, mas cabe ser usado nessa partida. Quem não faz leva, e Sebastian González aos 34, fez o terceiro, silenciou o Palestra, deixou a equipe brasileira longe da vaga e com a lanterna na mão.

Se alguém apostou dinheiro na classificação do Palmeiras, pode começar a se preocupar, porque, nesse grupo da morte quem respira por aparelhos, é o verdão.

Que o time do Luxemburgo não consegue desempenhar na Libertadores, o mesmo papel que vem apresentando no Paulistão, isso é fato. Mas, o trauma que ele parece ter nessa competição, fica mais claro a cada ano. Seu time apanha tanto fora quanto dentro de casa. E, caso não vença seus próximos jogos restantes e classifique-se, vai ter que aguentar a torcida cantando “chega de historinha, o Luxemburgo só ganha o Paulistinha”.

A esperança ainda existe. Na Libertadores do ano passado, o Atlético Nacional (Col) classificou-se como pior segundo colocado, com oito pontos. Mas, se realmente esse grupo é o da morte, a sepultura do Palmeiras já está aberta.

By Vitrola

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: