Fifa vê erro em projeto e põe Morumbi em risco para a Copa-2014, afirma jornal

Morumbixa

Dois dias após ser escolhida como uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, São Paulo está atrás na briga com Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF) pelo jogo de abertura da competição por conta de um erro no projeto de reforma do estádio do Morumbi, segundo a Fifa, como revela nesta terça-feira o jornal “O Globo”.

O periódico afirma que estudo dos técnicos da entidade máxima do futebol concluiu que a arena paulista só comportará 46 mil torcedores após as obras previstas, e não os 62 mil divulgados. Isto inviabilizaria o debute do Mundial no estádio são-paulino, já que o regulamento exige, no mínimo, 60 mil lugares.

Além disso, a área chamada de TV Compound (isolada para os equipamentos de geração de TV) está prevista para ficar a um quilômetro do estádio, quando a Fifa exige que que a mesma esteja no máximo a 100 metros. O desejo do São Paulo de manter o Morumbi em funcionamento durante as obras é outro ponto que não agrada o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke.

“Umas das principais discussões com a cidade de São Paulo é sobre o estádio. Necessitamos encontrar uma solução para este estádio ou para a construção de um novo estádio. Mas, definitivamente, o Morumbi não atende a todos os requisitos que necessitamos nos 12 estádios da Copa do Mundo”, afirmou o dirigente.

A declaração dá margem para se acreditar que o Morumbi pode até mesmo não ser a arena de São Paulo no Mundial, o que seria um verdadeiro revés para o clube tricolor, que fez festa no último domingo no jogo do time contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro, com direito a discursos do prefeito paulistano, Gilberto Kassab, e do governador paulista, José Serra.

Na mesma matéria do jornal carioca, o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, deu sua versão do assunto. E pelas suas respostas, mostrou-se surpreso com as informações que recebeu.

“Que é isto! Não tem nada disto, não! O que a gente começa a perceber é que tem um esforço para desestabilizar a candidatura de São Paulo. Nunca houve isto. O São Paulo tem 72 mil lugares e para a Copa está reduzindo para 62 mil, ou seja, mais do que a exigência da Fifa. Não tem isto! Isto é mentira!”, indignou-se o cartola.

Procurado para comentar o assunto, ainda nas Bahamas, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, disse que só falará sobre a questão após o seminário com as 12 cidades, de 8 a 10 deste mês, no Rio de Janeiro.

By Jean Pablo
Fonte: espn.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: