Archive for the ‘Fim da fila?’ Category

Felipe Massa vence na França e lidera a F1!

junho 23, 2008

Felipe Massa conseguiu uma vitória histórica no GP da França, disputado neste domingo em Magny-Cours. Esta é apenas a segunda vez que um brasileiro triunfa no país europeu. A primeira foi com Nelson Piquet, em 1985, ainda no circuito de Paul Ricard. De quebra, ele assumiu a liderança do campeonato pela primeira vez em sua carreira.

Massa também é o primeiro líder brasileiro do Mundial de Pilotos desde Ayrton Senna em 1993. O tricampeão assumiu a primeira posição daquela temporada após conseguir sua sétima vitória no GP de Mônaco, no dia 23 de maio. Desde então, nunca mais um piloto do país esteve nesta posição. Massa tem agora 48 pontos, contra 46 de Robert Kubica, atual segundo colocado.

Kimi Raikkonen, pole position, teve problemas com o escapamento de seu carro no meio da prova e chegou na segunda posição, após ser ultrapassado por Felipe Massa antes da segunda rodada de pit stops. Jarno Trulli, da Toyota, foi o terceiro após segurar de forma sensacional nas últimas voltas o finlandês Heikki Kovalainen, da McLaren, que terminou em quarto, mesmo após perder cinco posições no grid de largada.

Robert Kubica, da BMW Sauber, fez uma corrida burocrática e chegou na quinta posição. Ele agora está em segundo no Mundial de Pilotos, a dois pontos de Massa. Mark Webber, da RBR, errou logo após o primeiro pit stop, mas se recuperou e terminou em sexto em Magny-Cours.

Nelsinho Piquet foi o sétimo, após uma excelente corrida. O brasileiro esteve sempre na zona de pontuação e segurou a pressão de Lewis Hamilton no início da prova de forma exemplar. No fim, ele ainda foi premiado com um dos poucos erros do bicampeão mundial Fernando Alonso na corrida e ganhou dois pontos no campeonato. O espanhol, companheiro de Nelsinho, fechou a zona de pontuação com a oitava posição.

Lewis Hamilton fez mais uma corrida apagada, com outro erro bisonho. Ele, que já tinha sido punido com a perda de dez posições no grid de largada, teve de fazer um drive through após cortar a chicane Nürburgring, enquanto ultrapassava Sebastian Vettel na primeira volta. O piloto da McLaren chegou apenas na décima posição.

A próxima etapa da Fórmula 1 será no dia 06 de julho, na tradicional pista inglesa de Silverstone.

Confira o resultado final do GP da França:

1º – Felipe Massa (BRA/Ferrari)
2º – Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – a 17s984
3º – Jarno Trulli (ITA/Toyota) – a 28s250
4º – Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) – a 28s929
5º – Robert Kubica (POL/BMW) – a 30s512
6º – Mark Webber (AUS/Red Bull) – a 40s304
7º – Nelsinho Piquet (BRA/Renault) – a 41s033
8º – Fernando Alonso (ESP/Renault) – a 43s372
9º – David Coulthard (ESC/Red Bull) – a 51s021
10º – Lewis Hamilton (ING/McLaren) – a 54s538
11º – Timo Glock (ALE/Toyota) – a 57s700
12º – Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) – a 58s065
13º – Nick Heidfeld (ALE/BMW) – 1min15s786 – a 1min02s079
14º – Rubens Barrichello (BRA/Honda) – a uma volta
15º – Kazuki Nakajima (JAP/Williams) – a uma volta
16º – Nico Rosberg (ALE/Williams) – a uma volta
17º – Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) – a uma volta
18º – Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) – a uma volta
19º – Adrian Sutil (ALE/Force India) – a uma volta

Não completou:

Jenson Button (ING/Honda) – volta 17

Fonte:globo.com

By Fernando Arbex

Anúncios

Virada histórica deixa Boston perto do título da NBA!

junho 13, 2008

O Boston Celtics conseguiu uma virada sem precedentes na história dos playoffs da NBA ao derrotar o Los Angeles Lakers por 97 a 91 na noite desta quinta-feira no Staples Center. Com o resultado, o time visitante fica a apenas uma vitória de conquistar o título da temporada da NBA, com 3 a 1 na série decisiva.

Além de romper a invencibilidade dos Lakers nos playoffs em Los Angeles, o Boston reagiu na partida após perder o primeiro quarto por 21 pontos, a maior diferença tirada de um período inicial na história dos playoffs. O Los Angeles fica obrigado a cumprir outra façanha histórica. Todas as equipes que abriram 3 a 1 nos playoffs finais foram campeões. O cestinha da partida foi Paul Pierce, com 20 pontos, sendo 14 nos dois quartos finais.

Com a vantagem conquistada na quarta partida da série melhor de sete, os Celtics podem confirmar o título já no próximo domingo, quando atuam novamente no Staples Center, em Los Angeles. Porém, mesmo que não consiga a vitória no duelo seguinte, a equipe precisará de apenas um triunfo nos dois jogos que fará diante de sua torcida.

Fonte: Globo

By Fernando Arbex

 

Celtics vencem Lakers na abertura da final da NBA!

junho 6, 2008

Após dar um susto na torcida, com uma lesão sofrida no terceiro quarto, o ala Paul Pierce foi decisivo e garantiu a vitória do Boston Celtics sobre o Los Angeles Lakers, por 98 a 88, na primeira partida da decisão da NBA, nesta quinta-feira.

Com a vitória, o time dos Celtics fica em vantagem no duelo, tido como um dos grandes clássicos da história do basquete norte-americano. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo, às 22h, novamente em Boston.

O cestinha dos Celtics foi o ala Kevin Garnett, que anotou 24 pontos na partida e pegou 13 rebotes. Paul Pierce ajudou a equipe da casa com mais 22 pontos, grande parte deles marcados no segundo tempo. Além dos atletas, fizeram a sua parte as cheerleaders de Boston, que não deixaram a torcida desanimada mesmo com o placar adverso.

Pelo lado dos Lakers, o destaque foi mais uma vez Kobe Bryant, que também marcou 24 pontos na partida, conseguiu dar seis assistências e ainda pegou três rebotes.

Fonte: Terra

By Fernando Arbex

Palmeiras vence Ponte e coloca a mão na taça!

abril 28, 2008

Foi uma partida bem apática e sem cara de decisão. Mas o Palmeiras foi melhor e conseguiu bater a Ponte Preta em pleno Moisés Lucarelli.

Logo aos 8 minutos, Raulen cobra escanteio da direita e, após confusão na área, a zaga do Palmeiras afasta. No rebote, o mesmo Raulen cruza e Wanderley cabeceia para fora. Parecia que a Ponte iria começar uma pressão. Que nada! Ambas as equipes tocavam muito a bola de lado e deixavam a desejar la na frente.

Mas quando o Palmeiras chegou ao ataque fez o seu. Aos 20,  Leandro levanta a bola na área e Kléber, de cabeça, aproveita vacilo da defesa para colocar o time alviverde em vantagem no placar.

Dois minutos depois, Wendel avança pela direita e toca rasteiro para Alex Mineiro, que finaliza e pára em boa defesa de Aranha.

A Ponte só foi responder aos 27. Após boa jogada de Wanderley na linha de fundo, a bola fica dentro da área com Raulen. O lateral bate no canto direito de Marcos, que defende com segurança.

No segundo tempo, a postura das equipes mudou. O Palmeiras com a vantagem e o regulamento embaixo do braço recuou e a Ponte cresceu, mas sem muito perigo. Aos 10,  Luís Ricardo é lançado pela direita, avança e chuta com força, parando em boa defesa de Marcos.

Dois minutos depois o Palmeiras respondeu. Valdivia escapa de Conceição e toca para Kléber dentro da área. O atacante bate cruzado, mas Aranha defende sem problemas. Depois disso, novamente o jogo esfriou. A Ponte só voltou a pressionar nos últimos 10 minutos.

Aos 37, Luís Ricardo domina na entrada da área, leva a bola para o meio e finaliza com força. Marcos, atento, pula no canto esquerdo para espalmar. Aos 39, a melhor oportunidade. Após pedido de pênalti por parte da Ponte, a equipe da casa segue a jogada e Luís Ricardo, depois de cruzamento, cabeceia para fora.

Ficou nisso. 1×0 Palmeiras. Agora, o Palmeiras  pode até perder por um gol de diferença, no estádio do Parque Antarctica, no jogo de volta, dia 4 de maio, que conquista o título.

PONTE PRETA 0 X 1 PALMEIRAS

PONTE PRETA
Aranha, Raulen (Giuliano), João Paulo, Jean e Vicente; Deda, Bilica, Conceição e Luís Ricardo; Wanderley (Marcelo Soares) e Danilo Neco (Leandro)
Técnico: Sérgio Guedes

PALMEIRAS
Marcos, Élder Granja, Gustavo, Henrique e Leandro; Pierre, Wendel, Diego Souza e Valdivia (Denílson); Kléber (Lenny) e Alex Mineiro (Makelele)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Auxiliares: Ednilson Corona e Márcio Luiz Augusto
Cartões amarelos: Jean (PP), Deda (PP); Kléber (P), Gustavo (P), Denílson (P), Makelele (P)
Gol: Kléber, aos 20min do 1º tempo
Público: 19.111
Renda: R$ 663.643,00

By Fernando Arbex