Archive for the ‘Fórmula 1’ Category

Em corrida emocionante, Hamilton fatura o título da F1!

novembro 3, 2008

Diante de uma torcida apaixonada em Interlagos, Felipe Massa fez o que tinha de fazer. O brasileiro da Ferrari ganhou o GP do Brasil após comandar a prova de ponta a ponta. Ganhou, mas não levou. Por uma questão de segundos. Na última curva de uma corrida dramática, Lewis Hamilton pulou da sexta para a quinta posição e fez história no quintal de seu maior adversário. Sob vaias, o inglês da McLaren se tornou, aos 23 anos, o mais jovem piloto e o primeiro negro a conquistar um título da Fórmula 1.

Nas voltas finais, com o retorno da chuva, os brasileiros que lotavam o autódromo viram duas reviravoltas incríveis. Hamilton foi ultrapassado pelo alemão Sebastian Vettel, da STR, criando um cenário de título para Massa. A euforia da Ferrari durou apenas alguns segundos. Para ser campeão, o inglês precisava retomar a quinta posição. O banho de água fria na torcida veio na curva derradeira, quando Vettel e Hamilton, de uma só vez, ultrapassaram o alemão Timo Glock, da Toyota, que não tinha parado nos boxes para colocar os pneus de pista molhada.

Com apenas um ponto de vantagem para o rival, o inglês calou Interlagos. Calou apenas por alguns instantes, porque o silêncio logo deu lugar às vaias. Ainda assim, Hamilton fecha a temporada com o título e a certeza de que é capaz de controlar a ansiedade em momentos decisivos. Durante a maior parte da corrida, ele foi cauteloso e se manteve distante dos rivais, tanto à sua frente como atrás. No fim, viveu momentos de tensão, mas o último sentimento foi de alívio e alegria, com um abraço emocionado na família.

Nos boxes da Ferrari, todos explodiram de alegria quando Massa cruzou a linha de chegada. A família do piloto, abraçada, pulava e festejava o título. A festa foi interrompida de forma brusca poucos momentos depois, com a notícia de que Hamilton ganhara a quinta posição. De um instante para o outro, as fisionomias eufóricas deram lugar à tristeza do título perdido.

O espanhol Fernando Alonso, da Renault, terminou em segundo, seguido por Kimi Raikkonen, companheiro de Massa na Ferrari. O brasileiro Rubens Barrichello chegou em 15º, e Nelsinho Piquet abandonou na primeira volta.

Confira a classificação final do GP do Brasil:
1º- Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1min27s721

2º- Fernando Alonso (ESP/Renault) – a 13s2
3º- Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – a 16s2
4º- Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) – a 38s
5º- Lewis Hamilton (ING/McLaren) – a 38s9
6º- Timo Glock (ALE/Toyota) – a 44s3
7º – Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) – a 55s
8º – Jarno Trulli (ITA/Toyota) – a 68s4
9º- Mark Webber (AUS/Red Bull) – a 79s6
10º- Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) – a 1 volta
11º- Robert Kubica (POL/BMW Sauber) – a 1 volta
12º- Nico Rosberg (ALE/Williams) – a 1 volta
13º- Jenson Button (ING/Honda) – a 1 volta
14º- Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) – a 1 volta
15º- Rubens Barrichello (BRA/Honda) – a 1 volta
16º- Adrian Sutil (ALE/Force India) – a 2 voltas
17º- Kazuki Nakajima (JAP/Williams) – a 2 voltas
18º- Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) – a 2 voltas

Não completaram
Nelsinho Piquet (BRA/Renault)

David Coulthard (ESC/Red Bull)

fonte:globo.com

By Fernando Arbex

Anúncios

Ferrari promete abandonar categoria se houver motor único!

outubro 27, 2008

A Ferrari vai rever sua participação na Fórmula 1 se a categoria de fato adotar um motor só a partir de 2010, disse o conselho diretor da equipe em nota divulgada na segunda-feira.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) disse neste mês que pretende adotar o motor único para cortar custos.

“O conselho da Ferrari, confirmando seu pleno apoio à redução substancial e necessária nos custos, a começar dos motores, expressa entretanto suas fortes restrições quanto ao projeto de uniformizar ou padronizar os motores”, disse a nota.

“A direção se reserva o direito de considerar, junto com nossos sócios, nossa presença nesta categoria.”

A Ferrari, controlada pela Fiat, venceu o Mundial de Construtores em 2007, quando seu piloto Kimi Raikkonen conquistou o título.

No domingo, seu outro piloto, o brasileiro Felipe Massa, disputa o título de 2008 contra o britânico Lewis Hamilton, no GP de Interlagos.

Antes do GP da China, neste mês, a FIA anunciou uma concorrência para que “um terceiro forneça motores e sistemas de transmissão” para as equipes em 2010, 2011 e 2012.

A entidade argumentou que os custos da categoria são insustentáveis no atual ambiente econômico, e devem ser reduzidos para que todas as dez equipes possam continuar competindo.

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, que também dirige a Associação das Equipes de Fórmula 1, se reuniu recentemente com o presidente da FIA, Max Mosley, para discutir a redução de custos, e se disse satisfeito com o andamento das conversas.

Mas o conselho de direção da empresa não se entusiasmou com a idéia do motor único. “(O conselho) sentiu que tal medida iria trair toda a razão de ser de um esporte com o qual a Ferrari está envolvido continuamente desde 1950, uma razão de ser baseada principalmente na competição e no desenvolvimento tecnológico”, disse a nota.

Bernie Ecclestone, o principal dirigente da Fórmula 1, apóia a proposta do motor único e nega que isso leve à saída dos fabricantes de carros. “Estamos tentando nivelar o terreno de jogo”, disse ele neste mês. “Não vejo por que (os fabricantes) sairiam, eles estariam economizando horrores, espero. Todas as coisas técnicas ainda estarão aí, eles poderão mostrar todo o seu talento.”

FONTE:UOL

By Fernando Arbex

Hamilton vence GP da China e fica perto da conquista do título!

outubro 20, 2008

Com amplo domínio, Lewis Hamilton venceu o GP da China, disputado neste domingo no circuito de Xangai. O inglês da McLaren não deu chance à Ferrari, que usou do jogo de equipe para deixar Felipe Massa na segunda posição. Kimi Raikkonen cedeu o lugar a sete voltas do fim da prova e completou o pódio. Agora Hamilton só precisa chegar em quinto lugar para ser campeão em Interlagos, no dia 2 de novembro.

O inglês voltou a ter sete pontos de vantagem para Massa no campeonato (94 a 87). No GP do Brasil, o brasileiro precisa chegar no mínimo em segundo lugar, torcendo para que Hamilton fique no máximo em oitavo. Ainda que vença a prova, Massa precisa torcer para Hamilton não passar da sexta posição. Por coincidência, o inglês chegou a Interlagos no ano passado com a mesma diferença para Kimi Raikkonen. E o finlandês, após erros do piloto da McLaren e uma ajuda do companheiro, sagrou-se campeão.

Fernando Alonso, que tinha vencido as corridas em Cingapura e no Japão, não conseguiu acompanhar o ritmo da McLaren e da Ferrari. O espanhol da Renault chegou na quarta posição, a 18 segundos de Hamilton. Nick Heidfeld, da BMW Sauber, foi o quinto, seguido pelo companheiro Robert Kubica. Com este resultado, o polonês deu adeus às suas já remotas chances de título.

Confira o resultado do GP da China:

1º- Lewis Hamilton (ING/McLaren)
2º- Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a 14s925
3º- Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – a 16s445
4º- Fernando Alonso (ESP/Renault) – a 18s370
5º- Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) – a 28s923
6º- Robert Kubica (POL/BMW Sauber) – a 33s219
7º- Timo Glock (ALE/Toyota) – a 41s722
8º- Nelsinho Piquet (BRA/Renault) – a 56s645
9º- Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) – a 1min04s339
10º- David Coulthard (ESC/Red Bull) – a 1min14s842
11º- Rubens Barrichello (BRA/Honda) – a 1min25s061
12º- Kazuki Nakajima (JAP/Williams) – a 1min30s847
13º- Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) – a 1min31s457
14º- Mark Webber (AUS/Red Bull)- a 1min32s422
15º- Nico Rosberg (ALE/Williams)- a uma volta
16º- Jenson Button (ING/Honda)- a uma volta
17º- Giancarlo Fisichella (ITA/Force India)- a uma volta

Abandonaram:
Heikki Kovalainen (FIN/McLaren)- a sete voltas
Adrian Sutil (ALE/Force India)- a 43 voltas
Jarno Trulli (ITA/Toyota)- a 54 voltas

fonte:globo.com

By Fernando Arbex

Bruno Senna diz que as chances são boas dele correr na F1 ano que vem!

outubro 8, 2008

Bruno Senna está determinado a entrar na Fórmula 1 diretamente como piloto oficial e admite que a Toro Rosso e a Honda são suas “opções mais reais” para a temporada de 2009.

O sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna admitiu que suas chances de estar na Fórmula 1 no ano que vem são boas, seja como piloto oficial ou de testes.

“Estou fazendo de tudo para convencer que sou a melhor opção para eles. As possibilidades são boas e a competição que estou enfrentando em alguns casos não é tão grande assim”, disse ele em entrevista à Reuters.

“Como piloto oficial são essas as duas opções mais reais (Toro Rosso e Honda), mas existem as opções para pilotos de testes também e tem que ver que tipo de contrato eles querem assinar”, completou ele, explicando que as opções para ser piloto de testes vão além dessas duas equipes. Se isso acontecer, ele deve disputar a GP2, categoria de acesso, por mais um ano, provavelmente com a mesma equipe com a qual foi vice em 2008, a iSport.

Na Toro Rosso ele conta com uma mãozinha do co-proprietário Gerhard Berger, amigo da família e companheiro de Ayrton Senna na McLaren na década de 1990, que age como uma espécie de conselheiro para Bruno.

fonte:uol

By Fernando Arbex

GP do Canadá fica fora da Temporada 2009!

outubro 7, 2008

O Grande Prêmio do Canadá foi removido do calendário de 2009 da Fórmula 1. Desta forma, a América do Norte fica de fora da próxima temporada da categoria.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) divulgou nesta terça-feira a decisão tomada pelo Conselho Mundial de Automobilismo de tirar a prova de Montreal após 21 anos.

A entidade confirmou o calendário com 18 corridas. Com a mudança do Grande Prêmio da Turquia de agosto para junho, a pausa no verão europeu aumenta.

O Conselho Mundial concordou em dar a Max Mosley, presidente da FIA, a responsabilidade de negociar com a Associação de Equipes da Fórmula 1 mudanças para diminuir os custos da categoria até 2010.

O Grande Prêmio do Brasil também foi confirmado no calendário da próxima temporada. A prova acontece no dia 1º de novembro, no circuito de Interlagos.

Confira o calendário de 2009:

Austrália – 29 de março
Malásia – 5 de abril
Bahrein – 19 de abril
Espanha – 10 de maio
Mônaco – 24 de maio
Turquia – 7 de junho
Inglaterra – 21 de junho
França – 28 de junho
Alemanha – 12 de julho
Hungria – 26 de julho
Europa (Valência) – 23 de agosto
Bélgica – 30 de agosto
Itália – 13 de setembro
Cingapura – 27 de setembro
Japão – 11 de outubro
China – 18 de outubro
Brasil – 1º de novembro
Abu Dhabi – 15 de novembro

fonte:uol.com.br

by Fernando Arbex

Honda de olho em Heidfeld!

setembro 30, 2008

O piloto Nick Heidfeld, atualmente na BMW, despertou o interesse da Honda para a temporada 2009 da Fórmula 1. O chefe executivo da equipe japonesa, Nick Fry, confirmou a negociação com o alemão, visto que Jenson Buton e Rubes Barrichello não devem permanecer na Honda no próximo ano.
– Eu conversei com o Nick, e foi mais que um simples “oi” – assume o dirigente. 

Quem também pode pintar na Honda é o brasileiro Bruno Senna. Fry brincou com o fato do vice-campeão da GP2 pilotar na equipe em 2009.

– Ele tem o nome, ele tem os genes – comenta.

Fonte:uol

By Fernando Arbex

Nelsinho Piquet deve perder a vaga na Renault!

setembro 30, 2008

A equipe Renault de Fórmula 1 deverá fazer uma troca de pilotos para a Temporada de 2009. Após inúmeras lambanças no início da Temporada atual e os péssimos resultados durante o ano, o brasileiro Nelsinho Piquet deve deixar a equipe no ano que vem.

Para seu lugar, entraria outro piloto brasileiro. Trata-se de Lucas di Grassi, terceiro colocado na temporada da GP2 e atual piloto de testes da equipe francesa.

No Mundial, Nelsinho é o 13º, com 13 pontos. Com a vitória no GP de Cingapura, a primeira nesta temporada, Alonso (companheiro de equipe) chegou a 38 pontos e é o sétimo colocado.

By Fernando Arbex

Rubinho “cutuca” Honda!

setembro 26, 2008

[1277147000.jpg]

O piloto brasileiro Rubens Barrichello, da Honda, criticou sua equipe na Fórmula 1. Ele está impaciente com a demora da equipe japonesa em escolher os dois pilotos que defenderão a equipe no Mundial de 2009. O que mais incomoda Barrichello é o fato da Honda ter dito que o sonho de consumo para o próximo ano é Fernando Alonso.

“Sinceramente não acredito que o Alonso seja contratado e não sei o que está acontecendo com a Honda, pois não consigo entender o motivo de tanta demora”, declarou o brasileiro, que tentou ressaltar as suas qualidades no intuito de garantir a continuidade na equipe. “Já deixei bem claro que não dá para encontrar um piloto experiente e que tenha um espírito jovem e tanta vontade de correr como eu”.

FALA SÉRIO…

By Fernando Arbex

Ferrari volta a afirmar que Massa é o piloto número 1!

setembro 24, 2008

Depois das últimas três corridas da Temporada de Fórmula 1 2008, muito se questionou da Ferrari colocar o piloto brasileiro Felipe Massa como primeiro piloto da equipe no ano pela vantagem nos pontos e pela regularidade na competição.

Mas, seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Räikkönen não aprovou a idéia e disse que iria brigar pelo título até o fim. Só que nesta semana a escuderia afirmou que Massa deve ser ajudado por Kimi na luta pelo título. Hoje, os jornais italianos voltaram a confirmar que a Ferrari tomou esta decisão.

“A disputa pelos dois títulos (pilotos e construtores) será muito apertada. Kimi e Felipe tiveram um encontro com o presidente (da Ferrari, Luca di) Montezemolo que deixou claro, como é de costume, que o objetivo da Ferrari é simples: ganhar os dois títulos”, explicou Domenicali ao site Autosport. “Os dois pilotos vão trabalhar por esse objetivo nas últimas quarto provas, sabendo que o time vem sempre antes”, disse o chefe da equipe, Stefano Domenicali.

By Fernando Arbex

Bruno Senna com um pé na Fórmula 1!

setembro 8, 2008

O sobrinho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna, Bruno Senna, poderá correr na próxima temporada na categoria. Ele é vice-líder da Fórmula GP2, categoria de aprendizagem na qual passaram nomes como Lewis Hamilton, Nelsinho Piquet, Heikki Kovalainen e Nico Rosberg – todos titulares da principal categoria do automobilismo mundial em 2008 e ja disperta interesse de algumas equipes.

“Negociando eu não estou com nenhuma. Digamos que estou conversando com quatro ou cinco equipes de média para pequenas. É complicado entrar direto em um time como a McLaren e a Ferrari” diz o piloto.

“Ainda tem corridas este ano que são super importantes, mas eu tenho conversado com algumas equipes de Fórmula 1. Por enquanto ainda está difícil eu conseguir o que eu quero porque resultado é tudo no automobilismo. Acho que o que eu fizer daqui pra frente é essencial nesse sentido. Se eu ganhar o campeonato, vou ter maior poder de negociação.”

Ele não revela quais escuderias são essas, mas a mídia internacional aponta forte interesse da BMW Sauber, da Honda, e da Toro Rosso, time capitaneado por seu amigo e ex-piloto Gerhard Berger. Uma pessoa que, de acordo com o próprio piloto, faz da amizade um motivo “para sempre lhe colocar na fogueira” justamente para evitar acusações infundadas de favorecimento.

fonte:gazetaesportiva.net

By Fernando Arbex

Vitória cai no colo de Felipe Massa!

setembro 8, 2008

A vitória de Lewis Hamilton no GP da Bélgica deste domingo durou apenas três horas. Após conseguir o êxito em um final de prova dramático, o britânico foi investigado e sancionado pela organização da corrida, que o puniu com 25s e o derrubou para o terceiro lugar. Melhor para Felipe Massa, que havia chegado em segundo e acabou herdando o título. Nick Heidfeld, da BMW, ficou com a segunda posição.

Logo após o final do GP, os comissários informaram que estavam analisando, a pedido da Ferrari, a ultrapassagem do piloto da McLaren sobre Kimi Räikkönen, na penúltima volta. O finlandês liderava a prova mas, com o início de uma chuva fina, permitiu a aproximação do britânico, que aproveitou-se de uma chicane para tomar a primeira colocação.

Notando que havia se beneficiado, Hamilton chegou a devolver o primeiro lugar ao adversário, mas permaneceu em posição que facilitava uma nova ultrapassagem, o que de fato ocorreu. E a organização do evento não perdoou.

A mudança nas primeiras colocações também provocou uma alteração e tanto na classificação do Mundial de pilotos. Hamilton, que havia aberto oito pontos em relação a Felipe Massa (80 a 72), viu a diferença cair para apenas dois (76 a 74).

O único que não teve sua situação modificada foi Räikkönen, que liderou a prova praticamente de ponta a ponta até ser ultrapassado e acabar batendo em cheio em um muro de Spa. O finlandês foi superado por Robert Kubica na classificação geral, caiu para o quarto lugar, com 57 pontos, e ficou com chances mínimas de brigar pelo bicampeonato.

onfira a classificação final do GP da Bélgica:

1. Felipe Massa (BRA/Ferrari): a 14s461 de Hamilton
2. Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber): a 23s844 de Hamilton
3. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes)**
4. Fernando Alonso (ESP/Renault): a 28s939 de Hamilton
5. Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso): a 29s037 de Hamilton
6. Robert Kubica (POL/BMW Sauber): a 29s498 de Hamilton
7. Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso): a 31s196 de Hamilton
8. Mark Webber (AUS/Red Bull): a 57s237 de Hamilton
9. Timo Glock (ALE/Toyota): a 56s506 de Hamilton*
10. Heikki Kovalainen (FIN/McLaren-Mercedes): a uma volta de Hamilton
11. David Coulthard (ESC/Red Bull): a uma volta de Hamilton
12. Nico Rosberg (ALE/Williams): a uma volta de Hamilton
13. Adrian Sutil (ALE/Force India): a uma volta de Hamilton
14. Kazuki Nakajima (JAP/Williams): a uma volta de Hamilton
15. Jenson Button (ING/Honda): a uma volta de Hamilton
16. Jarno Trulli (ITA/Toyota): a uma volta de Hamilton
17. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India): a uma volta de Hamilton
18. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari): a duas voltas de Hamilton

Abandonaram:
Rubens Barrichello (BRA/Honda): volta 21
Nelsinho Piquet (BRA/Renault): volta 14

fonte:uol

By Fernando Arbex

Felipe Massa vence o GP de Valência!

agosto 25, 2008

Depois da decepção no GP da Hungria há três semanas, o brasileiro Felipe Massa da Ferrari voltou a sorrir ontem no GP de Valência. Pole position no sábado, Massa segurou a primeira posição durante toda a corrida sempre com boa diferença sobre o inglês Lewis Hamilton e completou as 57 voltas em 1h33min32s339, com exatos 5s611 de vantagem sobre o rival da McLaren. O pódio teve ainda o polonês Robert Kubica, da BMW Sauber, no terceiro lugar.

Foi a quarta vitória de Felipe Massa na temporada, e agora o representante nacional aparece com a mesa quantia de triunfos que Hamilton: antes deste domingo, os outros primeiros lugares vieram no Bahrein, na Turquia e na França. Em Valência, Massa ainda conseguiu a melhor volta da prova, com 1min38s708.

Demais brasileiros na F-1, Nelsinho Piquet ficou no 11º posto, enquanto Rubens Barrichello amargou o penúltimo lugar dos 17 pilotos que completaram a prova.

Confira a classificação final para o GP da Europa:

1. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 57 voltas em 1h35min35s339
2. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – a 5s611
3. Robert Kubica (POL/BMW Sauber) – a 37s353
4. Heikki Kovalainen (FIN/McLaren-Mercedes) –a 39s703
5. Jarno Trulli (ITA/Toyota) – a 50s684
6. Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso-Ferrari) – a 52s625
7. Timo Glock (ALE/Toyota) – a 1min07s990
8. Nico Rosberg (ALE/Williams-Toyota) – a 1min11s457
9. Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) – a 1min22s177
10. Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso-Ferrari) – a 1min29s794
11. Nelsinho Piquet (BRA/Renault) – a 1min32s717
12. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – a 1 volta
13. Jenson Button (ING/Honda) – a 1 volta
14. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India-Ferrari) – a 1 volta
15. Kazuki Nakajima (JAP/Williams-Toyota) – a 1 volta
16. David Coulthard (ESC/Red Bull-Renault) – a 1 volta
17. Rubens Barrichello (BRA/Honda) – a 1 volta
Não completaram:
Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – a 11 voltas
Adrian Sutil (ALE/Force Índia-Ferrari) – a 15 voltas
Fernando Alonso (ESP/Renault) – a 56 voltas

fonte:gazetaesportiva.net

By Fernando Arbex

Kovalainen vence GP da Hungria!

agosto 3, 2008

O finlandês Heikki Kovalainen, da McLaren, contou com o abandono do brasileiro Felipe Massa a três voltas do final para conseguir sua primeira vitória na Fórmula 1 neste domingo, no GP da Hungria.

O alemão Timo Glock, da Toyota, chegou em segundo, subindo pela primeira vez no pódio. Kimi Raikkonen, da Ferrari, foi o terceiro. Nelsinho Piquet, da Renault, foi o sexto. Em corrida apagada, Rubens Barrichello, da Honda, foi apenas o 16º.

O abandono de Felipe Massa foi ainda mais lamentado devido ao seu grande desempenho na prova. Partindo em terceiro no grid, o brasileiro conseguiu assumir a liderança ainda na primeira curva ao realizar uma grande ultrapassagem sobre Lewis Hamilton, o pole.

Confira a classificação do GP da Hungria:

1 – Heikki Kovalainen (McLaren)
2 – Timo Glock (Toyota)
3 – Kimi Räikkönen (Ferrari)
4 – Fernando Alonso (Renault)
5 – Lewis Hamilton (McLaren)
6 – Nelsinho Piquet (Renault)
7 – Jarno Trulli (Toyota)
8 – Robert Kubica (BMW)
9 – Mark Webber (Red Bull)
10 – Nick Heidfeld (BMW)
11 – David Coulthard (Red Bull)
12 – Jenson Button (Honda)
13 – Kazuki Nakajima (Williams)
14 – Nico Rosberg (Williams)
15 – Giancarlo Fisichella (Force India)
16 – Rubens Barrichello (Honda)
17 – Felipe Massa (Ferrari)
18 – Sebastien Bourdais (Toro Rosso)

Não Completaram:
Adrian Sutil (Force India)
Sebastian Vettel (Toro Rosso)

fonte:terra

By Fernando Arbex

Heikki Kovalainen renova por 1 ano com a McLaren!

agosto 1, 2008

O piloto da McLaren Heikki Kovalainen renovou nesta quinta-feira seu contrato com a escuderia inglesa por mais um ano.

Assim, a McLaren garante a continuidade de seus dois pilotos por mais um ano, no momento em que a escuderia está no melhor momento da temporada, com o inglês Lewis Hamilton à frente da classificação. Na classificação de construtores, a McLaren é terceira (86 pontos), depois da Ferrari (105) e da BMW (89).

O finlandês nesta temporada só subiu ao pódio na segunda corrida do ano, no Grande Prêmio da Malásia. Ele tem 28 pontos no Campeonato.

fonte:uol

By Fernando Arbex

Hamilton vence na Alemanha. Nelsinho Piquet é segundo!

julho 20, 2008

Até a volta 37, o GP da Alemanha estava até sonolento, com pouquíssimas disputa por posição. Foi aí que uma suspensão traseira do carro de Timo Glock mudou os rumos da prova: uma quebra e uma forte batida provocou a entrada do safety car na pista e colocou fogo na prova, que até então era tranquilamente liderada por Lewis Hamilton.

Melhor: o problema foi providencial para o brasileiro Nelsinho Piquet, que havia largado em 17º lugar. Único piloto a apostar em apenas uma parada nos boxes neste domingo, ele tinha acabado de sair do pit stop no momento do acidente. Com isso, ganhou diversas posições e chegou a liderar boa parte da segunda metade da corrida. No final, não suportou o bom rendimento da McLaren de Hamilton, mas mesmo assim encerrou a disputa com uma sensacional segunda colocação em sua décima corrida na categoria.

Coincidentemente, a maior conquista da carreira do filho do tricampeão mundial Nelson Piquet veio cinco dias antes do aniversário do piloto da Renault e em um circuito localizado a cerca de 20km do seu local de nascimento, a cidade alemã de Heidelberg – de acordo com Nelsinho, não há nenhuma relação com a Alemanha: o parto ocorreu lá apenas porque a maternidade local era melhor. Fato é que ele conquista o primeiro pódio na carreira justamente na pista onde seu pai estreou na categoria, em 1978.

Felipe Massa, por sua vez, foi o terceiro colocado. Trata-se da primeira vez desde o GP da Bélgica de 1991 que dois brasileiros sobem ao pódio de uma prova, com Piquet em terceiro em uma prova vencida por Ayrton Senna. Na ocasião, o Piquet pai curiosamente pilotava uma Benneton, equipe que se tornaria a Renault – foi também a última vez que o tricampeão mundial chegou a liderar uma corrida.

Confira a classificação final da prova:

1º- Lewis Hamilton (ING/McLaren)
2º- Nelsinho Piquet (BRA/Renault) – a 5s586
3º- Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 9s339

4º- Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) – a 9s825
5º- Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) – a 12s411
6º- Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – a 14s403
7º- Robert Kubica (POL/BMW Sauber) – a 22s682
8º- Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) – a 33s299
9º- Jarno Trulli (ITA/Toyota) – a 37s158
10º- Nico Rosberg (ALE/Williams) – a 37s625
11º- Fernando Alonso (ESP/Renault) – a 38s600
12º- Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) – a 39s111
13º- David Coulthard (ESC/Red Bull) – a 54s971
14º- Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) – a 59s093
15º- Kazuki Nakajima (JAP/Williams) – a 1min00s003
16º- Adrian Sutil (ALE/Force India) – a 1min09s488
17º- Jenson Button (ING/Honda) – a uma volta

Abandonaram:

Rubens Barrichello (BRA/Honda) – volta 52
Mark Webber (AUS/Red Bull) – volta 41
Timo Glock (ALE/Toyota) – volta 37

fonte:gazetaesportiva.net

By Fernando Arbex