Archive for the ‘Agora aguenta!!!’ Category

Diego Maradona é o novo técnico da Argentina!

outubro 29, 2008

Diego Maradona revelou no fim da tarde desta terça-feira que é o novo técnico da seleção argentina. O ídolo substituirá Alfio Basile, que pediu demissão após série de resultados ruins nas eliminatórias.

Maradona esteve reunido com o presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona, durante boa parte da tarde desta terça-feira. Segundo o próprio Maradona, Carlos Bilardo, treinador campeão mundial em 1986, será seu coordenador técnico.

– Ficou claro na conversa (com Grondona) que o time escalo eu. Vou escutar Carlos (Bilardo) sobre tudo, não se pode descartar um homem que sabe tanto – diz Diego em entrevista à rádio La Red.

Mais cedo, antes de encontrar Maradona, Julio Grondona havia afirmado que estudava ter mais de um técnico formando uma comissão, sem que um deles fosse necessariamente o principal. Após a reunião, a coisa mudou de figura. 

 – Julio nunca considerou outros treinadores como candidatos, segundo ele mesmo disse – afirma o craque.

Diego revelou que quer trabalhar, como integrantes de sua comissão, com Sergio Batista e José Luis Brown. Ambos integraram a seleção da Argentina campeão mundial em 1986. Bastista, por sua vez, levou os hermanos à conquista da medalha de ouro nos Jogos de Pequim.

 fonte:globo.com

By Fernando Arbex

Anúncios

Corinthians de volta a Série A!

outubro 27, 2008

    

Quase 11 meses depois de cair para a Série B diante do Grêmio, o Corinthians garantiu seu retorno à elite na tarde deste sábado. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Ceará, no Pacaembu, o time paulista está de volta à Série A.

Como o Barueri foi superado pelo Paraná dentro de casa, o líder Corinthians chega aos 70 pontos ganhos e garante o acesso, já que não corre mais risco de sair do grupo dos primeiros quatro colocados da segunda divisão.

Os dois times voltam a campo às 16h20 do próximo sábado. Em casa, o Corinthians enfrenta o Paraná. Já o Ceará visita o São Caetano. Com 44 pontos ganhos, a equipe nordestina está na 10ª colocação da competição nacional.

O jogo no Pacaembu teve um sabor ainda mais especial para os milhares de fiéis que lotaram as arquibancadas. No Rio de Janeiro, o Palmeiras foi derrotado por 3 a 0 pelo Fluminense, pela Série A. Os corintianos vibravam a cada gol do time carioca anunciado no estádio.

Garantido na elite, o Corinthians briga pelo título da Série B do Campeonato Brasileiro. O último jogo da equipe paulista dentro de casa pelo torneio é contra o Avaí, no dia 22 de novembro. Neste duelo, o clube promete realizar uma grande festa para comemorar o resultado.

fonte:terra

By Fernando Arbex

Rubens Barrichello pode correr na Fórmula Indy ano que vem!

outubro 14, 2008

O piloto brasileiro Rubens Barrichello vai testar um carro da IndyCar, no próximo mês, após o GP do Brasil, em Interlagos, que poderá ser sua última corrida na Fórmula 1.

O brasileiro de 36 anos disse durante o GP do Japão que o silêncio da Honda sobre seu futuro está cansando. A Honda, entretanto, está esperançosa para assinar com Fernando Alonso ou Bruno Senna para ser o companheiro de equipe de Jenson Button em 2009.

A melhor alternativa para Barrichello, caso seja confirmado sua aposentadoria na F-1, seria a Stock Car, onde correm os ex-pilotos de Fórmula 1 Tarso Marques, Luciano Burti, Ricardo Zonta e Antônio Pizzonia.

Mas o destino do brasileiro deve mesmo ser a IndyCar, como antecipa o site Grande Prêmio. Em novembro Barrichello vai testar um carro da equipe Penske, provavelmente no circuito de Homestead, na Flórida.

fonte:lancenet

By Fernando Arbex

Mano Menezes cutuca Luxemburgo!

outubro 8, 2008

As recentes declarações do técnico Vanderlei Luxemburgo, que na última semana disse que é bom e seria campeão da Copa do Mundo em 2002, se não fosse demitido pela CBF, continuam repercutindo.

Nesta terça-feira foi a vez do comandante corintiano Mano Menezes discordar do colega de trabalho palmeirense. “Também acho que ele é bom. Mas ele não precisa falar isso porque todo mundo já fala”, observou, em entrevista à Rádio Globo.

Entretanto, Mano disse que para dirigir a seleção é fundamental apresentar um currículo vencedor, o que não é o caso de Dunga. “Na seleção você vai passar por momentos difíceis, e ter por trás bons trabalhos é importante.”

fonte:uol

by Fernando Arbex

Vasco com um pé na Série B!

outubro 6, 2008

Há meses venho conversando com meu amigo e companheiro do blog, Vitrola, que o Vasco da Gama está com um elenco limitado e que para mim era um dos grandes favoritos ao rebaixamento. E a atual situação do clube carioca não me faz mentir, faltando hoje 10 rodadas para o fim da competição.

O Vasco já vem errando no seus planejamentos há anos, e a queda este ano para a segunda divisão será mais que merecida. Não estou aqui fazendo votos querendo que o clube caia, principalmente porque penso que lugar de time grande é na primeira divisão. Só que a exemplo do Corinthians, Palmeiras, Botafogo, Grêmio e Atlético-MG, o rebaixamento pode significar um renascimento de um clube que está falido.

Infelizmente acredito sim e muito no rebaixamento do Vasco da Gama. Primeiro, porquê jogadores como Baiano(em fim de carreira e fora de forma),  Eduardo Luiz, Fernando e Valmir e cia não podem e não merecem vestir uma das camisas mais tradicionais do futebol brasileiro. Segundo, porquê o clube enfrenta Sport em Recife( Sport favoritissimo), Flamengo(favorito), Goiás(favorito) em Goiânia, nas próximas três rodadas.

O mais triste será ver um jogador do nível de Edmundo encerrar a carreira de uma forma melancólica. Caindo para Segunda Divisão.

Fernando Arbex

Ferrari volta a afirmar que Massa é o piloto número 1!

setembro 24, 2008

Depois das últimas três corridas da Temporada de Fórmula 1 2008, muito se questionou da Ferrari colocar o piloto brasileiro Felipe Massa como primeiro piloto da equipe no ano pela vantagem nos pontos e pela regularidade na competição.

Mas, seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Räikkönen não aprovou a idéia e disse que iria brigar pelo título até o fim. Só que nesta semana a escuderia afirmou que Massa deve ser ajudado por Kimi na luta pelo título. Hoje, os jornais italianos voltaram a confirmar que a Ferrari tomou esta decisão.

“A disputa pelos dois títulos (pilotos e construtores) será muito apertada. Kimi e Felipe tiveram um encontro com o presidente (da Ferrari, Luca di) Montezemolo que deixou claro, como é de costume, que o objetivo da Ferrari é simples: ganhar os dois títulos”, explicou Domenicali ao site Autosport. “Os dois pilotos vão trabalhar por esse objetivo nas últimas quarto provas, sabendo que o time vem sempre antes”, disse o chefe da equipe, Stefano Domenicali.

By Fernando Arbex

Mago Valvidia é um pai coruja

maio 4, 2008

No início deste ano, O meio-de-campo Valdivia abriu a porta de seu apartamento, no bairro da Pompéia, na Zona Oeste de São Paulo, para uma equipe do Canal del Fútbol, do Chile. Ali, ao lado da mulher, Daniela, e da filha, Agustina, de oito meses, o Mago é apenas Jorge.

– O que eu mais queria era ser papai. Quando fiquei sabendo, foi um dos momentos mais felizes da minha vida. Queria um menino, mas o destino me deu uma menininha e eu a amo muito. É a coisa mais linda e importante para mim – disse ao CDF Valdivia, que também abriga o único irmão, Claudio, no apartamento.

– Agustina mudou a vida dele. É outra pessoa. Cuida da filha como se fosse seu último dia, brinca até cansar quando está em casa… Está mais relaxado, pensa mais na vida, é mais maduro – afirma Cristian Lopez.

Os seus pais, Luis e Elizabeth Toro, como a mulher, também tiveram influência no seu amadurecimento.

– Quando ele me disse que seria pai, eu lhe falei: ‘Cuida-te por tua filha. Não anda tanto com os amigos, não sai tanto, fica mais em casa, vai ao supermercado com a Dany…’– contou a mãe Elizabeth ao CDF.

Valdivia queria que a filha nascesse em São Paulo, ao seu lado. A mulher, no entanto, preferiu o conforto e a segurança de Santiago, com a atenção concedida pela família. Agustina nasceu em 3 de setembro do ano passado, com 3,3kg e 49cm.

By Vitrola

Corinthians X Goiás – Um Show no Morumbi

maio 2, 2008

Surge agora uma nova categoria para o nosso querido Boteco. São pequenos vídeos, produzidos com comentários dos próprios autores. Esperamos que vocês gostem! E para começar, não poderia deixar de ser falando do Show de Bola do Corinthians.  Até!

By Vitrola

Times brasileiros que se cuidem, o Boca Júnior se classificou

abril 23, 2008

O Boca Juniors sofreu, mas se garantiu nas oitavas-de-final da Copa Libertadores. O time argentino derrotou nesta terça-feira o Maracaibo (VEN) por 3 a 0, em La Bombonera, e terminou a segunda fase na vice-liderança do Grupo 3, com dez pontos.

A pontuação foi a mesma do Colo Colo (CHI), que empatou em 1 a 1 com o Atlas, em casa, e teve um saldo de gols menor (três contra dois). Os mexicanos somaram 11 pontos e foram os líderes do grupo.

Restando ainda quatro jogos para o fim da segunda fase, os confrontos de momento nas oitavas-de-final seriam Cúcuta (COL) x Boca e Atlas x Nacional (URU).

Empurrado pela torcida que lotou La Bombonera – inclusive a do ex-jogador Diego Maradona -, o Boca pressionou desde o início e por pouco não abriu o placar logo aos dois minutos de jogo, em chute para fora de Dátolo após passe de Riquelme.

O camisa 10 argentino ditou o ritmo da partida com passes rápidos e tabelas, dando dinamismo ao meio-de-campo de sua equipe. Riquelme também levou perigo nas bolas paradas. Logo na primeira falta que cruzou na área, aos oito, Paletta marcou de cabeça.

Os donos da casa apertaram o ritmo após o gol e as chances aumentaram ainda ainda mais. Aos 20, Dátolo avançou pela esquerda, cortou o zagueiro e, já dentro da área, teve calma para bater rasteiro: 2 a 0.

Apesar de ter o domínio da partida, o Boca foi ameaçado em dois contra-ataques do Maracaibo. Nas duas vezes, o goleiro Caranta defendeu chutes à queima-roupa e salvou o time argentino.

O forte ritmo do time de La Bombonera continuou no segundo tempo. Com menos de um minuto de jogo, Palacio recebeu na esquerda e bateu cruzado, assustando o goleiro Henao.

O atacante teve outra chance aos três: Palermo cruzou rasteiro da direita e Palacio desviou a bola, que passou rente à trave direita do Maracaibo.

Implacável, o Boca pecou apenas nas finalizações. Palacio, em chute firme, e Palermo, acertando cabeçada do meio da área, pararam nas defesas de Henao, que se segurou como pôde.

Mais apagado que no primeiro tempo, o Maracaibo só voltou a ter uma oportunidade para marcar em lance polêmico aos 22. Figueroa recebeu na área, driblou o goleiro e caiu no chão. O jogador pediu pênalti, mas o árbitro mandou a jogada seguir.

O susto, no entanto, não abalou o Boca, que ampliou em seguida. Após troca de passes aos 28, Riquelme recebeu na entrada da área, limpou a marcação e deu um toque de categoria sobre o goleiro para marcar.

O jogo continuava tenso, já que um gol do Colo Colo na partida contra o Atlas tiraria a vaga do Boca. A angústia durou até os 45 minutos, quando a partida no Chile terminou empatada e o Boca garantiu a classificação para as oitavas-de-final.
FICHA TÉCNICA:
BOCA JUNIORS (ARG) 3 X 0 UNIÓN MARACAIBO (VEN)

Estádio: La Bombonera, Buenos Aires (ARG)
Data/hora: 22/4/2008 – 21h10min (de Brasília)
Árbitro: Víctor Hugo Rivera (PER)
Auxiliares: Winston Reategui (PER) e Luis Ávila (PER)

Cartões amarelos: Muñoz (MAR)
GOLS: Paletta, 9’/1ºT; Dátolo, 20’/1ºT; Riquelme, 28’/2ºT

BOCA JUNIORS: Caranta, González, Cáceres, Paletta (Maidana, 14’/1ºT), Monzón; Vargas (Gracián, 7’/2ºT), Battaglia, Dátolo (Cardozo, 26’/2ºT), Riquelme; Palacio e Palermo. Técnico: Carlos Ischia.

MARACAIBO: Henao, Lancken, Muñoz, Machado, Fuenmayor; Fernández, Mea Vitali, Urdaneta, Beraza (Figueroa, intervalo); Rojas (Saucedo, 38’/2ºT) e Maita. Técnico: Jorge Pellicer.

By Vitrola

Dirigentes rejeitam “garoto problema”

abril 18, 2008





Dispensado recentemente do São Paulo após uma suposta briga com o volante Fábio Santos na concentração, o meia Carlos Alberto está com o “filme queimado” no Brasil. Dos 14 dirigentes de outros clubes entrevistados pelo jornal “Lance!”, nada menos que 11 disseram que não contratariam o jogador.

Uma amostra do quanto Carlos Alberto está “sem moral” está nos depoimentos de Vulpian Novaes, diretor de futebol do Náutico; e de Mário Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR. Confira:

“Carlos Alberto nunca interessaria ao Náutico, principalmente sabendo o histórico dele nos clubes por onde passou. No São Paulo, vimos seus casos de indisciplina e por isso não traríamos um jogador assim” – Vulpian Novaes

“Não é do perfil do Atlético Paranaense contar com um jogador que cria problemas dentro e fora de campo. Um jogador desse tipo, nem de graça jogará aqui” – Mário Celso Petraglia

Carlos Alberto, por sua vez, se defende alegando que não é “maluco” e que foi vítima de uma injustiça no São Paulo. Ao contrário de Fábio Santos, o camisa 19 não foi reintegrado e agora já procura outro clube.

By Vitrola


 

Ranking coloca Chelsea como melhor time do mundo

abril 1, 2008

chelsea.jpg

O Chelsea é o melhor clube do mundo, de acordo com o ranking mensal da Federação Internacional de História e Estatísticas de Futebol (IFFHS). O clube de Londres segue na primeira posição, seguido pelo Manchester United. Os ingleses dominam a lista, com três clubes entre os cinco primeiros.

Entre as surpresas estão o Sevilla (quarto), o Hamburgo (oitavo) e a incrível 29ª posição do Real Madrid, atual campeão espanhol. O melhor brasileiro na lista é o São Paulo, que assumiu a 15ª posição.

Posição Clube Pontos
1 Chelsea 277
2 Manchester United 274
3 Milan 266
4 Sevilla 260
5 Liverpool 257
6 Boca Juniors 254
7 Roma 250
8 Hamburgo 236
9 Barcelona 234
10 Arsenal 232
15 São Paulo 209
25 Santos
191
37 Fluminense 173
43 Cruzeiro 166
46 Flamengo 165
64 Botafogo 146
70 Grêmio 138
84 Vasco 126

Fonte: goal.com

Vy Vitrola

Em jogo eletrizante Boca Jr vence Colo Colo

março 28, 2008
bocajr.jpg

O Boca Juniors voltou a respirar na Copa Libertadores. Nesta quinta-feira, em Buenos Aires, a equipe derrotou o Colo Colo por 4 a 3, em jogo emocionante válido pelo Grupo 3 da competição. A tradicional raça portenha não faltou, já que o time passou a maior parte da partida com dez atletas em campo.Com o resultado, os argentinos chegaram a sete pontos e alcançaram o Atlas na liderança, mas perdem no saldo de gols. Os chilenos, por sua vez, estão em terceiro lugar com seis.

O primeiro tempo foi excelente. Precisando da vitória, o time argentino buscava o ataque a todo o custo, mas precisava se precaver com as perigosas jogadas de contra-ataque da equipe chilena. A primeira chance real de gol portenha ocorreu aos 13 minutos. Após cruzamento da esquerda, a zaga visistante vacilou e a bola sobrou limpa para Vargas, que acertou a trave de Muñoz.

Quando tudo indicava que o Boca não tardaria a abrir o placar, o time levou uma ducha de água fria. Aos 22 minutos, o lateral Monzón deu entrada duríssima em Jorquera e acabou expulso. Para piorar a situação, Biscayzacú marcou o primeiro gol do Colo Colo dois minutos depois, após receber livre na área e tocar na saída de Caranta.

Foi aí que surgiu a figura de Palermo que, em cinco minutos, foi de vilão a herói. Aos 26, o atacante teve sua camisa segurada por Rojas na área. Na cobrança, porém, Palermo exagerou na força e mandou a bola longe da meta de Muñoz. Desespero? Ledo engano. Aos 29, depois de bola alçada na área, o centroavante chutou, Muñoz rebateu, e ele mesmo deu peixinho para igualar o placar.

Entretanto, as surpresas do futebol voltaram a ocorrer no fim da primeira etapa. Sob intensa pressão, o time chileno encontrou mais um bom contra-golpe com Sanhueza, que recebeu na área e foi derrubado por Caranta. Na seqüência, o oportunista Biscayzacú aproveitou o rebote e marcou seu segundo gol no jogo.

No início do segundo tempo, os anfitriões voltaram a mostrar sua força habitual e empataram logo aos quatro minutos. Vargas avançou pela direita e deu lindo passe para Gracián. O substituto do lesionado Riquelme dominou e bateu para balançar as redes de Muñoz.

Não demorou muito e os argentinos tomaram a frente no marcador, empurrados pela torcida que lotou a Bombonera. Aos 20 minutos, Battaglia deu ótimo passe para Palacio, que saiu na frente de Muñoz. Com calma, o atacante driblou o goleiro e tocou para o gol vazio.

Nos contra-ataques, os chilenos ainda assustavam, como foi aos 27 minutos. Em cochilo da zaga xeneize, o ala direito Fierro apareceu sozinho e obrigou Caranta a fazer linda defesa com os pés. Dez minutos depois, o mesmo Fierro soltou um foguete de fora da área para mais uma ótima intervenção do goleiro argentino.

No fim, mais emoção. Nery Cardozo marcou o quarto do Boca aos 43 minutos. Para dar mais tensão ainda, Moya ainda fez o terceiro dos visitantes aos 47. Enfim, o Boca vence e segue mais vivo do que nunca na Libertadores.

FICHA TÉCNICA:

BOCA JUNIORS-ARG 4 X 3 COLO COLO-CHI

Estádio: La Bombonera, Buenos Aires (ARG)
Data/hora: 27/3/2008 – 21h (de Brasília)

Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Auxiliares: Manuel Bernal (PAR) e Emigdio Ruiz (PAR)

Cartões amarelos: Battaglia, Roncaglia (BOC); Mena, Villarroel, Rojas, Sanhueza (COL)
Cartões vermelhos: Monzón, 22’/1ºT (BOC)

GOLS: Biscayzacú, 24’/1ºT (0-1); Palermo, 29’/1ºT (1-1); Biscayzacú, 42’/1ºT (1-2); Gracián, 4’/2ºT (2-2); Palacio, 20’/2ºT (3-2); Nery Cardozo, 43’/2ºT (4-2); Moya, 47’/2ºT (4-3);

BOCA JUNIORS: Caranta, Ibarra, Cáceres, Maidana e Monzón; Battaglia, Vargas (Nery Cardozo, 19’/2ºT), Dátolo (González, 38’/2ºT) e Gracián (Roncaglia, 24’/2ºT); Palacio e Palermo. Técnico: Carlos Ischia.

COLO COLO: Muñoz, Carrasco, Mena e Rojas; Fierro, Villarroel, Salcedo (Salazar, 27’/2ºT), Sanhueza e Jorquera (Moya, 11’/2ºT); Biscayzacú e Castillo (Cabión, intervalo). Técnico: Claudio Borghi.

By Vitrola

Robinho falta nos treinos e irrita diretoria do Real!

março 18, 2008

134.jpg

O atacante brasileiro Robinho vem irritando a diretoria do Real Madri. O jogador, que se recupera de uma lesão no abdômen, não está seguindo o cronograma feito pelos médicos do clube.

Ele vem faltando nas sessões de fisioterapia segundo o jornal “AS”.

– Só tenho que ir pela manhã, por isso, não é verdade que estou deixando de treinar à tarde. Não fui depois do jogo de volta contra a Roma (Nota: pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões) porque estava com dores – afirmou Robinho, defendendo-se das acusações.

By Fernando Arbex

Palmeiras entrega o chocolate antes da Páscoa!

março 17, 2008

128.jpg

Muito se falou do clássico durante a semana. O matemático Tristão Garcia afirmou que quem perdesse, dificilmente irá se classificar entre os quatro. E apesar da chuva ter castigado o gramada em Ribeirão Preto, Palmeiras e São Paulo fizeram um jogão.

Aos 14, o São Paulo quase abriu o marcador. Borges recebeu na grande área, girou em cima de Gustavo e bateu rasteiro. Marcos se esticou e evitou o primeiro gol do São Paulo.

Aos 29, Valdívia respondeu com um chute de longe em que Rogério defendeu. Já aos 38, após cobrança de escanteio, Adriano sobe mais alto do que a defesa palmeirense e abre o placar.

Era tudo que Muricy queria. Ir ao intervalo em vantagem no marcador. Só que aos 43, Kléber recebe na entrada da área, deixa o zagueiro Juninho no chão e bate para o gol. Rogério Ceni ainda toca na bola, mas não evita o empate. Um golaço.

Na segunda etapa, como já é de costume, Luxa arrumou a casa e o Palmeiras praticamente engoliu o tricolor.

Aos 11 quase veio o gol da virada. Élder Granja cobra escanteio da esquerda, Rogério sai mal do gol e Diego Souza cabeceia para fora, perdendo ótima chance.

Aos 17, Adriano arrisca de fora da área e a bola sai à esquerda do goleiro Marcos. A partir daí, só da Palmeiras.

Aos 31, Valdivia tenta driblar Júnior e é derrubado na área. O juiz anota pênalti.Denílson cobrou e virou para os palmeirenses. Oito minutos depois, Kléber sofre pênalti de Juninho, que acaba sendo expulso. Valdivia cobra e faz o terceiro dos palmeirenses.

Na base do olé, aos 50, Diego Souza é derrubado por Richarlyson. Mais um pênalti. O próprio Diego Souza cobra e define a goleada. 4 a 1.

PALMEIRAS
Marcos, Élder Granja, Gustavo, Henrique e Leandro; Wendel (Martinez), Léo Lima, Diego Souza e Valdivia; Kléber (Makelele) e Alex Mineiro (Denilson)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo 

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Zé Luis, André Dias, Juninho e Junior (Aloísio); Hernanes, Richarlyson, Carlos Alberto (Joílson) e Jorge Wagner; Adriano e Borges
Técnico: Muricy Ramalho

Data: 16/03/2008 (domingo)
Local: estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto/SP
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Aline Lambert
Cartão amarelo: Carlos Alberto, Richarlyson e Rogério Ceni(São Paulo); Diego Souza e Gustavo (Palmeiras)
Cartão vermelho: Juninho (São Paulo)
Gols: Adriano, aos 38min, e Kléber, aos 43min do primeiro tempo; Denílson, aos 32min, Valdivia, aos 39min, e Diego Souza, aos 50min.

By Fernando Arbex

Palermo marca na vitória do Boca Jr e se torna o maior artilheiro da história do clube

março 7, 2008

27628.jpg

Martín Palermo se tornou o maior artilheiro da história do Boca Juniors nesta quinta-feira, ao marcar na vitória por 3 a 0 sobre o Atlas-MEX, pela Copa Libertadores. O atacante chegou a 181 gols com a camisa do clube e superou a marca de Francisco Varallo, que fez 180 na década de 1930.

A lista, no entanto, contabiliza apenas os gols na era profissional do Boca – iniciada no Campeonato Argentino de 1931. Levando em consideração toda a história do clube, o maior artilheiro é Roberto Cherro, que marcou 221 vezes entre 1926 e 1938.

A contagem registra apenas jogos oficiais do Boca. Confira a lista dos dez maiores artilheiros da sua era profissional:

1. Palermo – 181

2. Francisco Varallo – 180
3. Jaime Sarlanga – 128
4. Mario Boyé – 124
5. Delfín Benítez – 115
6. Roberto Cherro – 106
7. Pío Corcuera – 98
8. Sergio Martínez – 86
9. Guillermo Barros Schelotto – 86
10. Alfredo Oscar Graciani – 83

By Vitrola